Depois de 23 anos como pároco da Igreja de Santo Cristo em Fall River, o Padre Gastão A. Oliveira sente-se fiz por ter cumprido a sua missão.   “O meu maior desafio foi fazer as pessoas felizes ... com que as pessoas fizessem as pazes com a Igreja,” disse o pároco da igreja popularmente frequentada por imigrantes Açorianos e seus descendentes.  “A vida traz maravilhosas Primaveras mas traz também problemas, e o dia-a-dia é feito pelas pessoas,” partilhou ele com OJornal na sala de visitas da reitoria.  “Não é impossível, mas também não é assim de um dia para o outro, e nestes 23 anos, eu fiz com que as pessoas tomassem consciência de que são a Igreja,” explicou ele acrescentando com convicção que a igreja não são as paredes, que a igreja não são os padres, nem os bispos, nem o Papa.  “A Igreja somos todos nós,” afirmou Oliveira. 

“E foi isto que preocupou sempre o Senhor foi as pessoas, e o que me preocupou aqui deste o início foi fazer com que as pessoas se sentissem felizes,” continuou ele explicando que pessoas felizes geram bons resultados. “Isto é como em tudo na vida, e também na nossa vida espiritual, porque a pessoa humana não é simplesmente composta da parte biológica,” elucidou ele citando estar de acordo com os peritos na matéria que a parte espiritual é tão importante que é a primária. 

Oliveira foi convidado para o cargo que ocupa há 23 anos pelo então Bispo Sean O’Malley.  “Eu aceitei o desafio para vir para aqui depois de servir a paroquia durante sete anos de Vigário Paroquial, precisamente com este intuito,” disse o natural de Ponta Delgada que estudou no Seminário Episcopal de Angra do Heroísmo, e na Universidade Católica em Lisboa tendo sido ordenado padre em 1972 para a diocese de Carmona em Angola, tendo servido como Vigário Paroquial na Catedral de Carmona e depois como pastor a paróquia de Nossa Senhora de Fátima em Carmona.

O seu percurso na Diocese de Fall River iniciou em 1975 na paróquia de Nossa Senhora da Saúde em Fall River, com passagens pelas paróquias de Nossa Senhora do Monte Carmo em New Bedford, Santo Cristo e Santo António de Pádua, também em Fall River.  

Na paróquia de Santo Cristo o Padre Gastão supervisionava não somente as responsabilidades litúrgicas, ministérios para a evangelização e as várias divisões pastorais comunitárias e sociais, assim como a administração do dia-a-dia como orçamentos, construção, relatórios, correspondência, registos paroquiais, e tantos outros afazeres administrativos.

Ao despedir-se dos seus paroquianos que tanto o admiram pela sua tenacidade e bondade de caráter, e talento de ouvir os homens e mulheres que o procuram para aconselhamento.   “Eu gosto muito de ouvir as pessoas porque é a melhor maneira de nós tirarmos juízos precipitados da nossa visão, que quantas vezes é incorreta,” acentuou ele a necessidade de prestar atenção ao que a pessoa sente.  “Esta é a missão da igreja—esta é a missão dos padres, porque se não for esta, qual será?” concluiu ele durante a entrevista concedida a OJornal.

Na sua mensagem de despedida, Oliveira mostra a sua simplicidade num apelo de amor uns aos outros—vivendo em Cristo.  Ele deixa ainda um pedido e uma promessa aos paroquianos:  “Rezai por mim, que eu lembrar-me-ei sempre de vós junto do Senhor!

Há vários anos que o edifício da igreja passou por um período precário devido a sua condição estrutural.  A liderança do Padre Gastão foi chefiando uma campanha de angariação de fundos teve muito sucesso.  “O restauro do edifício é feito a dinheiro vivo,” contou ele a OJornal alegando que a paróquia está bem estruturada.  Vai-se entrar agora na última fase do restauro com o custo de $484,000.00,” explicou Oliveira adicionando que o custo total soma $1,5 milhão de dólares.  “Financeiramente, não se deve nada a ninguém,” disse ele sorrindo.

Assume agora as funções de Pároco de Santo Cristo o padre Jeff Cabral, natural de New Bedford que ocupava o cargo de Vigário Paroquial em Attleboro, sendo também juiz do Tribunal Eclesiástico.  O Padre Cabral tem a distinção de ser o primeiro pastor da Igreja de Santo Cristo nascido nos Estados Unidos da América.